24 de Janeiro de 2019

Com atividades que priorizaram desde o lazer e bem-estar até necessidades básicas, como alimentação e atendimento médico, a Cooperativa executou mais de 12 visitas de apoio à população ribeirinha.


Durante o mês de dezembro, a Unimed Belém, em parceria com a Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) e a Universidade Federal do Pará (UFPA), realizou diversas ações de amparo e promoção da cidadania nas ilhas aos arredores da grande Belém. Com atividades que priorizaram desde o lazer e bem-estar até necessidades básicas, como alimentação e atendimento médico, a Cooperativa executou mais de 12 visitas de apoio à população ribeirinha.

As programações atenderam às comunidades: Furo do Maracujá, Sítio Santa Rosa, Ilha Grande, Ilha das Onças, Bragança, Arrozal e São Benedito.  Dia 6 de dezembro, a comunidade beneficiada foi do Furo de São Benedito, em que foram atendidas mais de 110 famílias, com 120 crianças alcançadas. “Essa ação contribuiu muito pra que o nosso Natal seja um pouco melhor, uma programação muito boa e que beneficiou a gente de várias maneiras”, Relatou a estudante de Cintiane Machado, moradora da localidade.  

A programação contou com a presença do Papai Noel e Mamãe Noel, além da entrega de cestas básicas, kits escolares e de higiene pessoal, distribuição de lanches, brinquedos, e um bazar solidário. As ações sociais são fruto do Projeto “Luz na Amazônia”, que já existe há mais de 45 anos, de autoria da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB). A Unimed Belém é parceira do projeto, e ajuda a atender 15 comunidades que são acolhidas periodicamente, com monitoramento da saúde dos moradores e atendimento de suas necessidades básicas.

A servidora da UFPA, Silvana Lima, explica que mais de 40 voluntários da Universidade acompanham as visitas nas comunidades, entre eles estudantes de medicina, técnicos, especialistas, professores e alunos. O atendimento às famílias é pontual e linear, o mesmo público é monitorado e beneficiado ao longo das atividades.

A Unimed Belém possui um projeto próprio que atende especificamente ao público infantil. Intitulado “Criança Feliz”, o programa de voluntariado coorporativo foi incluído nos encontros de final de ano e abrange ações educativas, preventivas e de monitoramento às necessidades de crianças de 0 a 12 anos. Segundo o Assessor de Sustentabilidade da Unimed Belém, Eduardo da Silva, o projeto visa promover a qualidade da saúde das crianças carentes e suas famílias, “que necessitam de um olhar cuidadoso da sociedade, para minimizar a situação de abandono em que se encontram”, finalizou. 

Assessoria de Comunicação da Unimed Belém - Ingrid Reis

Leia também