19 de Setembro de 2019

Torneio faz parte do programa Viver Bem e promove a socialização entre cooperados, colaboradores e terceirizados da Cooperativa


A participação das mulheres, pela primeira vez em campo, marcou a 6ª edição do Torneio de Futebol Society da Unimed Belém. A final do campeonato ocorreu no dia 18 de agosto na Fitbol - Academia e Arena, no bairro da Condor, em Belém, reunindo os times femininos e masculinos em clima de competição, alegria e confraternização.

No torneio deste ano, as equipes foram divididas em três categorias: máster, feminino e novos. A programação final do campeonato iniciou com os times masculinos “Sucata” e “Veteranos 4.0”, representando respectivamente, o Hospital Geral da Unimed (HGU) e a unidade Batista Campos.

 Em outra arena estavam os times femininos “Bola com Batom” e “Meninas na Trave”, das unidades Batista Campos e Sede Administrativa. A última equipe a se apresentar foi do “Cárdio”, representando a Unidade Reduto, que enfrentou o time do “Operacional” da unidade do Departamento de Infraestrutura da Unimed (Deinf ). Na categoria Máster, o “Sucata” venceu por 8 a 2 a equipe dos “Veteranos 4.0”. De acordo com o capitão do time, o médico Luiz França de Moura, a união dos jogadores em campo foi fundamental para a conquista do título. “Eu considero que somos mais que um time, somos uma família dentro do HGU, porque todos os colegas se esforçaram para estarem aqui, inclusive aqueles que saíram do plantão no hospital de manhã, e vieram direto para o jogo. Todos estão de parabéns”, comemorou.

No Feminino, o “Bola com Batom” levou vantagem de 2 a 1 sobre a equipe “Meninas na Trave”. A capitã do time, a técnica de enfermagem Cláudia Pimentel, conta que embora o time não tenha iniciado bem o campeonato, perdendo de 5 a 1 no primeiro jogo, a vontade de vencer foi maior. “A união fez a força, porque nosso time era pequeno, contávamos apenas com sete jogadoras e o time rival tinha 15. Eu considero que essa final do torneio foi na fé, na força e na raça dessas meninas. Graças a Deus deu tudo certo”.

Já na categoria Novos, o time do “Cárdio” foi bicampeão do torneio. Venceu de 3 a 2 o “Operacional”. A torcida agitou as arenas e mais que uma disputa, o evento foi de confraternização entre os participantes. Para o capitão do “Cárdio”, André Scerni, o torneio é um evento esportivo que consegue integrar a todos da Unimed. “Eu dedico essa vitória a toda equipe. Pegamos um time muito qualificado, que foi o do Deinf, mas lutamos bastante e conseguimos chegar à vitória. A raça e a vontade prevaleceram para sairmos vencedores nesse torneio”, afirmou.

Recorde de inscrições e mulheres em campo

A novidade no campeonato deste ano foi a participação das mulheres que, para o vice - presidente da Unimed Belém, Antônio Travessa, coroaram o evento esportivo com êxito e muita alegria. “Esse foi o primeiro ano delas no torneio e foi uma alegria muito grande para nós, porque realmente elas deram um brilhantismo especial no nosso evento. Mostraram garra, união das equipes e espírito esportivo”, afirmou.

Ao todo, foram formadas 21 equipes, divididas em três categorias: Máster (seis equipes), Feminino (cinco equipes) e Novos (dez equipes).

Segundo o coordenador do torneio, o educador físico Emerson Ricardo Barbosa, o campeonato deste ano superou as expectativas de participação,  organização e planejamento das equipes. “Foi um dos melhores já organizados pela Unimed Belém através do Programa Viver Bem, tanto em relação ao número de participantes que este ano chegou a mais de 400, como em relação à estrutura e à premiação.”.

Assessoria de Comunicação e Marketing Unimed Belém

Leia também