11 de Novembro de 2019

A Cooperativa convocou seus sócios cooperados para uma Assembleia Geral Extraordinária, que teve como pauta a "Alteração do Estatuto Social para implantação da Governança Corporativa e para adequações legais".


MOMENTO HISTÓRICO: UNIMED BELÉM DÁ UM GRANDE PASSO EM DIREÇÃO À GOVERNANÇA CORPORATIVA

A Unimed Belém, maior operadora de planos de saúde do Norte do Brasil, acaba de viver um momento histórico em seus 38 anos de atuação. A Cooperativa convocou seus sócios cooperados para uma Assembleia Geral Extraordinária, no Hangar, no último dia 4 de novembro, que teve como pauta a "Alteração do Estatuto Social para implantação da Governança Corporativa e para adequações legais". 

A reunião, com duração de 11 horas, permitiu a apreciação de mais de 200 itens do novo Estatuto, com base em recentes normas editadas pela ANS, que regem sobre a maneira de estruturar a governança com gestão de riscos e controle interno, visando a redução de ameaças econômico-financeiras e garantindo a sustentabilidade do negócio.

As normas contemplam diferenças do setor e foram definidas em Nota Técnica e Relatório da Diretoria de Normas e Habilitação das Operadoras. Por meio destas, os Planos serão obrigados a comprovar requisitos essenciais estipulados e, então, se beneficiarão com a redução da exigência de Capital. Desse modo, com as medidas de controle da sinistralidade, será possível a melhoria no ganho futuro dos médicos cooperados.

A votação

Os sócios cooperados presentes na AGE votaram mudanças estruturais no atual Estatuto Social da Cooperativa. É importante dizer que, cada uma das alterações dos artigos que constam no Estatuto, contaram com a contribuição prévia de uma consultoria especializada e dos médicos cooperados que, em semanas anteriores à assembleia geral, puderam acessar as propostas de alterações do estatuto, e se concordavam ou não com as novas inclusões, bem como, enviar suas justificativas.

Durante a AGE, os cooperados presentes ouviram cada uma das propostas de melhoria do Estatuto, tendo que escolher entre as opções “Aprovado” e “Não aprovado”, por meio de votação eletrônica.

A mudança

Tudo transcorreu em um clima bastante democrático, com debates importantes para o futuro da gestão. Foram alterados textos de alguns itens/artigos em comum acordo durante os debates e, os demais quesitos de adequação legal, foram todos aprovados. Ao final, foi aprovada também a modalidade de gestão na forma de Governança Corporativa, sendo alterada a estrutura organizacional que será aplicada na eleição de 2021.

A governança deve considerar novo formato de Conselhos, instalar Comitês, instalar diretorias  e, as instâncias, seguirão os princípios de transparência, equidade, prestação de contas e responsabilidade corporativa. As atribuições terão avaliação periódica sobre a prática de governança, sendo obrigatório a partir de 2023, o envio anual do Relatório de Procedimentos Previamente Acordados – PPA, elaborado por auditor independente, com base nos dados do exercício anterior, referentes a Processos de Governança, Gestão de Riscos e Controles Internos.

 

Assessoria de Comunicação e Marketing Unimed Belém

 


Leia também